Voltar
16-09-2015

Cardiologista explica relação entre morte súbita e infarto fulminante



Fulvio Petrucci cardiologista"A morte súbita pode ocorrer em qualquer faixa etária, sendo mais comum em pessoas mais idosas", destacou o cardiologista paraibano Fulvio Petrucci, acrescentando que uma das causas mais frequentes do mal é o infarto agudo do miocárdio (infarto fulminante). Em entrevista, exclusiva ao ClickPB, na tarde desta terça-feira (16), o especialista explica causa, sintomas e prevenção para a doença, que não tem levantamento epidemiológico no país em relação a faixa etária, mas que tem ocorrido com maior incidência entre jovens devido ao sedentarismo, tabagismo, hipertensão e estresse. A morte súbita gera espanto e dúvidas na população, especialmente quando as vítimas são jovens e praticantes de atividades físicas, a exemplo do policial militar da Paraíba, Felipe Cunha, que faleceu em uma academia de ginástica na cidade de Campina Grande , no último mês de julho.


Cardiologista explica relação entre morte súbita e infarto fulminante



  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.