Voltar
10-11-2015

Catalunha aprova resolução para começar a se separar da Espanha



Um parlamento dividido se levanta contra a Espanha. A imagem do plenário mostra as evidências: mais da metade vibrava com o primeiro passo até a independência.

A volumosa minoria discordava: cartazes com a palavra "referendo" eram um pedido para que o povo catalão discutisse a separação nas urnas.

O outro grupo exigia que tudo continuasse como está. Mais do que a bandeira espanhola, era a señera quem reafirmava a Catalunha dentro da Espanha. O símbolo rivaliza com a estelada. A mesma bandeira, o que muda é o triângulo azul e estrela branca. Isso deixa claro o desejo de uma Catalunha independente.

O Barcelona, time catalão, acabou multado pela presença maciça da estelada nos jogos. As regras da FIFA proíbem símbolos políticos na torcida. O Barça sempre foi discreto sobre uma eventual independência.

É uma região de hábitos e até língua diferente. A decisão desta segunda-feira (9) poderia criar um novo país daqui a um ano e meio. Mas a Espanha não aceita.

O primeiro-ministro Mariano Rajoy ameaçou aplicar a lei espanhola, que permite suspender a autonomia catalã pra criar leis. Segundo a Constituição, só a Espanha inteira pode decidir sobre temas que afetem todo o país.

A Europa não ficou em silêncio. A primeira-ministra alemã lembrou de tratados europeus.
Merkel avisou que se separar da Espanha é se separar da União Europeia. Uma Catalunha independente teria que entrar no fim da fila das candidatas ao bloco.




  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.