Voltar
22-10-2015

Duas equipes da Paraiba: SJCampos recebe 95 aviões de universitários para SAE BRASIL AeroDesign



foto google

Entre 29 de outubro e 1º de novembro, São José dos Campos (SP) sediará a 17ª Competição SAE BRASIL AeroDesign, no DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial). A competição terá 95 aviões projetados e construídos por estudantes de engenharia do Brasil e do Exterior. Seis são de equipes estrangeiras ? cinco da Venezuela e uma do México.

Para participar da competição, as equipes, que somam aproximadamente cerca de 1,3 mil participantes ? entre estudantes, professores orientadores e pilotos ?, oriundos de 71 instituições de ensino superior do Brasil e Exterior, foram desafiadas a projetar e construir aviões radiocontrolados segundo o regulamento da SAE BRASIL.

"Os programas estudantis da SAE BRASIL são uma experiência extracurricular que faz diferença na formação do engenheiro, pois introduzem a aplicação prática e sistêmica da tecnologia, desafiam a criatividade e a inovação, além de estimular o trabalho em equipe", afirma o engenheiro Frank Sowade, presidente da SAE BRASIL.

Participantes ? As 89 equipes brasileiras representam 16 Estados, mais o Distrito Federal. O Estado com maior participação é São Paulo, com 22 equipes, seguido de Minas Gerais, com 18, e Rio de Janeiro, sete. Rio Grande do Sul e Santa Catarina serão representados por seis equipes cada. Paraná e Rio Grande do Norte contam com cinco equipes cada; Pernambuco, Piauí e Bahia aparecem com três equipes; Distrito Federal, Mato Grosso, Maranhão e Paraíba com duas; Amazonas, Espírito Santo e Sergipe possuem uma equipe cada.

Devido à crescente procura pela competição a cada ano, a SAE BRASIL limitou, novamente, em 95 o número de inscrições, conforme a capacidade disponível em recursos humanos e infraestrutura para conduzir a competição com eficácia operacional e segurança. Com isso, a edição de 2015 registrou fila de espera de mais de 40 equipes.

Aeronaves ? A competição abrange três categorias: Classe Regular, Classe Advanced e Classe Micro. Entre as novidades do regulamento deste ano está a distância máxima de decolagem, de 70m, independentemente da categoria. Este limite será utilizado pela primeira vez na competição, representando o maior limite de toda história da SAE BRASIL AeroDesign.

Na Classe Regular, as aeronaves poderão transportar qualquer tipo de material como carga útil, exceto chumbo, e deverão respeitar uma limitação de área projetada (vista superior), cuja somatória não poderá exceder 0,9 m². Serão permitidas apenas aeronaves monomotores ? o motor deverá ser selecionado entre os quatro indicados no regulamento.

Na Classe Advanced, os aviões também poderão transportar qualquer tipo de material como carga útil, exceto chumbo. A única restrição de projeto é o peso vazio da aeronave, que não poderá exceder 3kg. A escolha do tipo de motor (combustão ou elétrico) e do número de motores é totalmente livre. Nesta edição, como estímulo ao uso de motores elétricos, a bateria poderá ser considerada como carga útil.

Na Classe Micro, as aeronaves deverão transportar bolas de tênis em compartimento fechado, não podendo estar presas entre si. Todos os aviões deverão carregar a mesma carga em todos os voos: 43 bolinhas. A pontuação de voo será dada de acordo com o peso vazio da aeronave e o número de voos realizados com sucesso. Para esta categoria não existem restrições de geometria ou do número de motores, todos elétricos, porém a equipe deverá ser capaz de transportar a aeronave desmontada em caixa de 0,175m³.

Provas ? As avaliações serão realizadas em duas etapas: Competição de Projeto e Competição de Voo, conforme o regulamento baseado em desafios reais enfrentados pela indústria aeronáutica e disponível no site da SAE BRASIL ?www.saebrasil.org.br.

Ao final do evento, duas equipes da Classe Regular, uma da Advanced e uma da Classe Micro, que obtiverem as melhores as pontuações, ganharão o direito de representar o Brasil na SAE Aerodesign East Competition, em 2016, nos EUA, onde equipes brasileiras acumulam histórico expressivo de participações: sete primeiros lugares na Classe Regular, quatro na Classe Advanced e um na Classe Micro. A SAE Aerodesign East Competition é realizada pela SAE International, da qual a SAE BRASIL é afiliada.

Organizado pela Seção Regional São José dos Campos, da SAE BRASIL, o Projeto AeroDesign é um programa de fins educacionais que tem como principal objetivo propiciar a difusão e o intercâmbio de técnicas e conhecimentos de engenharia aeronáutica entre estudantes e futuros profissionais da engenharia da mobilidade, por meio de aplicações práticas e da competição entre equipes, formadas por estudantes de graduação e pós-graduação de Engenharia, Física e Tecnologia relacionada à mobilidade.

Reconhecida pelo Ministério da Educação, a competição conta com o patrocínio das seguintes empresas do segmento aeroespacial: Grupo Airbus, Boeing, Embraer, GE, Honeywell, Parker, Rolls-Royce, Saab e United Technologies. Além disso, desfruta do apoio de instituições governamentais: DCTA, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e a Prefeitura de São José dos Campos.

17ª Competição SAE BRASIL AeroDesign Dia 29 ? das 8h30 às 17h ? solenidade de abertura,showroom dos projetos e apresentações orais das equipes no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) ? Prédio de Eletrônica e Computação. Dias 30, 31 e 1º ? das 7h30 às 18h ? Competição de voo no Aeroporto do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) ? aberta ao público. Entrada pela avenida Faria Lima, ao lado do MAB, em São José dos Campos/ SP. esign17ª Competição SAE BRASIL AeroD 29 de outubro a 1º de novembro Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) ? São José dos Campos/ SP

Total de equipes inscritas = 95 ? estrangeiras = 6 ? de equipes brasileiras: 89 ? de instituições de ensino: 71 ? médio de estudantes inscritos: 1.330 participantes ? equipes: Classe Micro: 24 / Classe Regular: 65 / Classe Advanced: 6

SUL

Paraná (5 equipes / 4 instituições) FAG ? Faculdade Assis Gurgacz ? equipe Pegasus AeroDesign (avião 62) UTFPR ? Universidade Tecnológica Federal do Paraná (campus Londrina) ? equipe Grifo Aerodesign (avião 221) UTFPR ? Universidade Tecnológica Federal do Paraná (campus Ponta Grossa) ? equipe UTFalcon (avião 42) UNIOESTE ? Universidade Estadual do Oeste do Paraná ? equipes AeroCataratas (avião 213) e AeroCataratas Regular (avião 51).

Rio Grande do Sul (6 equipes / 4 instituições) UPF ? Fundação Universidade de Passo Fundo ? equipe Aerocócus (avião 52) UFSM ? Universidade Federal de Santa Maria ? equipes Carancho AeroDesign (avião 27) e Carancho Micro (avião 220) UNISC ? Universidade de Santa Cruz do Sul ? equipes Kamikase (avião 18) e Kamikase Micro (avião 222) UNIPAMPA ? Universidade Federal do Pampa ? equipe Aeropampa Regular (avião 38)

Santa Catarina (6 equipes / 4 instituições) FASATC ? Faculdade SATC ? equipe AeroSATC (avião 56) UDESC ? Universidade do Estado de Santa Catarina ? equipes Albatroz AeroDesign (avião 25) e Albatroz Aerodesign Micro (avião 205) UFSC ? Universidade Federal de Santa Catarina ? equipes Céu Azul Aeronaves (avião 39) e Céu Azul Advanced (avião 105) UNIVILLE ? Universidade da Região de Joinville ? equipe Abaquar (avião 49)

SUDESTE

Espírito Santo (1 equipe / 1 instituição) UFES ? Universidade Federal do Espírito Santo ? equipe Aero Vitória Espírito Santo (avião 13)

Minas Gerais (18 equipes / 9 instituições) UFMG ? Universidade Federal de Minas Gerais ? equipes Uai, Sô! Fly!!! (avião 11) e Uai, Sô! Fly!!! Kids (avião 10) UFOP ? Universidade Federal de Ouro Preto ? equipe 12 Bis (avião 31) CEFET-MG ? Centro Federal Tecnológico de Minas Gerais ? equipe Cefast Aerodesign (avião 6) UFJF ? Universidade Federal de Juiz de Fora ? equipes Raptor (avião 48) e Microraptor (avião 207) UFV ? Universidade Federal de Viçosa (campus Florestal) ? equipes Acauã (avião 15), Acauãzim (avião 210) e Skywards (avião 63) UFSJ ? Universidade Federal de São João Del Rei ? equipes Trem Ki Voa AeroDesign (avião 37), Trem Ki Voa Micro (avião 201) e Noizavua AeroDesign (avião 202) UFTM ? Universidade Federal do Triângulo Mineiro ? equipe Triângulo Aéreo (avião 14) UFU ? Universidade Federal de Uberlândia ? equipes Tucano AeroDesign (avião 7) e Tucano AeroDesign Micro (avião 203) UNIFEI ? Universidade Federal de Itajubá ? equipes Uirá (avião 002), Uirá Micro (avião 206) e L.O.T.S. AeroDesign (avião 60)

Rio de Janeiro (7 equipes / 5 instituições) CEFET-RJ ? Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca ? equipe Venturi (avião 106) IME ? Instituto Militar de Engenharia ? equipe Zéfiro (avião 65) PUC-RIO ? Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro ? equipes AeroRio Regular (avião 55) e AeroRio Advanced (avião 102) UFF ? Universidade Federal Fluminense ? equipes Blackbird Aerodesign (avião 19) e UFForce Aerodesign (avião 45) UFRJ ? Universidade Federal do Rio de Janeiro ? equipe Minerva AeroDesign (avião 21)

São Paulo (22 equipes / 18 instituições)

Grande São Paulo (5 equipes / 5 instituições) Centro Universitário da FEI ? equipe FEI Regular (avião 5) POLI USP ? Escola Politécnica da Universidade de São Paulo ? equipe Keep Flying (avião 8) UAM ? Universidade Anhembi Morumbi ? equipe Aeroduca (avião 54) UFABC ? Universidade Federal do ABC ? equipe Harpia (avião 16) UNINOVE ? Universidade Nove de Julho ? equipe Ícaro (avião 17)

Interior de São Paulo (17 equipes / 13 instituições) ITA ? Instituto Tecnológico de Aeronáutica ? equipe Leviatã (avião 103) UFSCAR ? Universidade Federal de São Carlos ? equipe UFSCar Dragão Branco (avião 20) EESC USP ? Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo ? equipes EESC-USP Alpha (avião 3), EESC-USP Bravo (avião 4) e EESC-USP Mike (avião 204) FATEC São José dos Campos ? Faculdade de Tecnologia ? equipe Megazord (avião 30) UNICAMP ? Universidade Estadual de Campinas ? equipe Urubus AeroDesign (avião 1) ETEP Faculdades (campus São José dos Campos) ? equipe Etep Flying (avião 32) IFSP ? Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (campus São Carlos) ? equipe Iron Bird AeroDesign (avião 59) IFSP ? Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (campus Sertãzinho) ? equipe Aerosert (avião 57) IFSP ? Instituto Federal de São Paulo (campus Salto) ? equipe Taperá Baby (avião 208) UNISAL ? Centro Universitário Salesiano de São Paulo ? equipe AeroUnisal (avião 47) UNESP Guaratinguetá ? Universidade Estadual Paulista ? equipe Aerofeg (avião 9) UNESP Bauru ? Universidade Estadual Paulista ? equipes FEB Open (avião 104), FEB Regular (avião 26) e FEB Micro (avião 209) UNESP Ilha Solteira ? Universidade Estadual Paulista ? equipe Zebra (avião 29)

CENTRO-OESTE

Distrito Federal (2 equipes / 2 instituições) UnB ? Universidade de Brasília ? equipe Draco Volans AeroDesign (avião 35) UNIP-DF ? Universidade Paulista do Distrito Federal ? equipe Antonov (avião 212)

Mato Grosso (2 equipes / 1 instituição) UFMT ? Universidade Federal de Mato Grosso ? equipes AeroDesign UFMT Regular (avião 53) e AeroDesign UFMT Micro (avião 216)

NORDESTE

Bahia (3 equipes / 3 instituições) UFB ? Universidade Federal da Bahia ? equipe Axé Fly (avião 36) FIB ? Centro Universitário Estácio da Bahia ? equipe Optimus AeroDesign (avião 44) UNIVASF ? Universidade Federal do Vale do São Francisco ? equipe F-Carranca (avião 12)

Maranhão (2 equipes / 2 instituições) IFMA ? Instituto Federal do Maranhão ? equipe Guará (avião 58) UEMA ? Universidade Estadual do Maranhão ? equipe Zeus (avião 64)

Paraíba (2 equipes / 1 instituição) UFCG ? Universidade Federal de Campina Grande ? equipes Parahyasas (avião 40) e Parahyasas Micro (avião 224)

Pernambuco (3 equipes / 2 instituições) UFPE ? Universidade Federal de Pernambuco ? equipes Mandacaru Regular (avião 41) e Mandacaru Micro (avião 223) UPE ? Universidade de Pernambuco ? equipe Tenpest Aerodesign (avião 211)

Piauí (3 equipes / 2 instituições) UFPI ? Universidade Federal do Piauí ? equipe Delta do Piauí (avião 43) IFPI ? Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí ? equipes Sol do Equador (avião 46) e Sol do Equador Micro (avião 225)

Rio Grande do Norte (5 equipes / 4 instituições) UFERSA ? Universidade Federal Rural do Semi-Árido (campus Angicos) ? equipe Calango Voador (avião 219) UFERSA ? Universidade Federal Rural do Semi-Árido (campus Caraúbas) ? equipe Acceptor AeroDesign (avião 50) UFERSA ? Universidade Federal Rural do Semi-Árido (campus Mossoró) ? equipe PegAzuls AeroDesign (avião 33) UFRN ? Universidade Federal do Rio Grande do Norte ? equipes Car-Kará Advanced (avião 101) e Car-Kará Micro (avião 215)

Sergipe (1 equipe / 1 instituição) UFS ? Universidade Federal de Sergipe ? equipe Araras Design (avião 218)

NORTE

Amazonas (1 equipe / 1 instituição) UEA ? Universidade do Estado do Amazonas ? equipe Urutau Aerodesign (avião 34)

ESTRANGEIRAS

México (1 equipe / 1 instituição) ESIME UP Ticomán ? equipe Kukulcán AeroDesign (avião 60)

Venezuela (5 equipes / 3 instituições) UNEFA ? Universidad Nacional Experimental Politécnica de La Fuerza Armada ? equipes Aerodesign Venezuela 1 (avião 22) e Aerodesign Venezuela 2 (avião 23) USB ? Universidad Simón Bolívar ? equipes AeroDesign SAE USB (avião 24) e AeroDesign SAE USB Sede del Litoral (avião 214) UCV ? Universidad Central de Venezuela ? equipe AeroUCV (avião 28)

Mais informações à imprensa: Companhia de Imprensa Maria do Socorro Diogo ? msdiogo@companhiadeimprensa.com.br Sara Saar ? sara@companhiadeimprensa.com.br Telefones: (11) 4435-0000 / (11) 9 4984-9581




  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.