Voltar
13-10-2015

Justiça da Califórnia proíbe SeaWorld de criar baleias em cativeiro



Autoridades da Califórnia proibiram o parque temático SeaWorld de criar novos animais em cativeiro, segundo a BBC.

A decisão foi tomada pela Comissão Costeira da Califórnia após o parque de San Diego solicitar autorização para construir mais um tanque para as orcas. A solicitação foi atendida, mas as baleias não poderão mais procriar no espaço.

Segundo o New York Times, o SeaWorld emitiu um comunicado afirmando estar "desapontado" com a decisão, que foi comemorada por ativistas e defensores dos animais.

"A procriação é um direito natural, fundamental, e uma parte importante da vida de um animal", afirmou o presidente do parque, John Reilly.

Apesar da decisão, entrevistados ouvidos pelo jornal Los Angeles Times afirmam que o fim do SeaWorld não está próximo.

Beaseada em Orlando, na Flórida, a SeaWorld Entertainment opera 11 parques nos EUA, três deles que abrigam baleias: SeaWorld San Diego, SeaWorld San Antonio e SeaWorld Orlando. A decisão, no entanto, só afeta a unidade do parque na Califórnia.

O SeaWorld vem sofrendo críticas severas nos últimos anos, especialmente após 2013, com o lançamento do documentário Blackfish, que afirmou que orcas mantidas em cativeiro se tornam mais agressivas. Na época, o parque classificou o documentário como "falso e mentiros o".




  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.