Voltar
26-09-2015

O desenho de um menino sírio que deixou a polícia alemã sem palavras



"Sem palavras". Foi com essa essa hashtag que a Bundespolizei ?a polícia federal alemã?da Baviera descreveu sua reação diante do desenho dado à corporação por um menino sírio, refugiado, na cidade de Passau, na fronteira com a Áustria. A imagem foi retuitada mais de 4.000 vezes em menos de 24 horas.


Geschenk eines syrischen Kindes an die Bundespolizisten in Passau... #sprachlos #Fluechtlingskrise pic.twitter.com/YgWMjgJ1xM
? Bundespolizei BY (@bpol_by) 24 setembro 2015

Presente dado por um menino sírio à polícia em Passau... #sempalavras
#crisedosrefugiados

O desenho mostra as duas realidades vividas em sua própria pele pelas crianças sírias ao longo dos últimos meses: à esquerda, o drama da guerra, que o menino ilustrou com uma caveira, sangue, disparos e amputações. A segunda, a chegada à Alemanha, em que o garoto desenha algumas pessoas carregadas de bagagens a caminho de uma casa, dois ramos de oliveira cruzados como símbolo da paz e um coração trazendo dentro a palavra "polícia" em alemão.

Passau é uma das cidades pelas quais muitos dos refugiados sírios chegam à Alemanha depois de passar pela Áustria. No controle do posto de fronteira, as crianças costumam receber "brinquedos e material de desenho", segundo informa a BR, rádio pública da região da Baviera. "Muitos companheiros meus ganharam desenhos como esse", conta um porta-voz da Bundespolizei à rádio, "e alguns levaram para pendurar na parede de casa". A conta da polícia alemã no Twitter também exibe algumas fotografias desse posto de fronteira:


Impressionen aus #Passau: U.a. hier werden ankommende Asylsuchende von uns verpflegt und registriert #Grenzkontrollen pic.twitter.com/QV808yjrdi
? Bundespolizei BY (@bpol_by) 24 setembro 2015

Veja as cenas em #Passau: Entre outras coisas, aqui os solicitantes de asilo são atendidos e registrados por nós.

A Alemanha tem sido um dos países que mais refugiados tem acolhido desde o início do conflito sírio. Ali ocorreram gestos tão emocionantes como a recepção dos refugiados sob aplausos em Munique ou a iniciativa Wir Helfen ("ajudamos"), um projeto no qual cem celebridades do país, incluindo jogadores de futebol ?dentre eles, Mesut Özil, do Arsenal?e políticos, expõem seu compromisso com a causa dos refugiados.

Esta não é a primeira mensagem sobre a crise dos refugiados que adquire popularidade tendo a polícia como protagonista: algumas semanas atrás, a imagem de um policial dinamarquês brincando com uma menina síria foi amplamente compartilhada nas redes sociais.

 
Policía danés jugando al veo-veo con una niña refugiada que acaba de cruzar la frontera ilegalmente #HayEsperanza pic.twitter.com/DD2ZhOBTD6
? Pepo Jiménez (@kurioso) 10 setembro 2015
 




  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.