Voltar
31-10-2015

Oi aceita aporte da LetterOne e vai buscar fusão com a TIM



 A Oi confirmou nesta sexta-feira (30) que aceitou a proposta de aporte de até 4 bilhões de dólares do grupo LetterOne, com o objetivo de buscar uma fusão com a TIM.


Em fato relevante enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), a operadora disse que firmou um contrato de exclusividade com a companhia russa para possíveis combinações de negócios de empresas ou ativos de telecomunicações no Brasil. O acordo terá duração de sete meses, contados a partir do último dia 23 de outubro.


No comunicado, a Oi destacou que espera uma redução de alavancagem e também sinergias de grande escala caso a associação com a concorrente seja concretizada.


"Uma potencial união da Oi com a TIM Participações deve resultar na constituição de um operador mais completo e bem posicionado, capaz de competir com players globais já instalados no país. O consumidor deverá ser beneficiado com o consequente fortalecimento da Companhia", dizia o texto.


A proposta da LetterOne, do bilionário Mikhail Fridman, havia sido comunicada pela Oi no dia 26 de outubro.


Exame




  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.