Voltar
29-10-2015

Projeto Univer-Cidade é apresentado pela UEPB para representantes de prefeituras paraibanas



Reitor Rangel Júnior no lançamento do projeto Criado para desenvolver parcerias voltadas ao melhoramento dos indicadores sociais dos municípios paraibanos, o projeto Univer-Cidade, concebido através do Mestrado em Desenvolvimento Regional da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi apresentado na tarde desta quarta-feira (28), para mais de 30 representantes de prefeituras da Paraíba. A ação aconteceu no Auditório III do Centro de Integração Acadêmica, no Câmpus de Campina Grande , como primeiro passo de uma proposta que poderá melhorar dos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) das localidades.



A exposição do projeto, que tem como princípio a solidariedade, o compartilhamento de saberes e a participação cidadã como estratégia metodológica, foi fundamentada a partir dos primeiros resultados que a proposta já vem alcançando em municípios como Picuí, Alagoa Grande, Caraúbas e Juazeirinho, sendo este último o pioneiro na ação. De acordo com Rangel Junior, reitor da UEPB, como a Universidade não pode ter um câmpus em cada cidade paraibana, são com iniciativas dessa natureza que se possibilita atingir um maior número de pessoas e confirmar a missão de instituição pública.



“Esta Universidade é de propriedade de quem não está nela, porque são essas pessoas que financiam todas as atividades e os estudos desenvolvidos aqui. Mas, ao mesmo tempo, percebemos que a maioria dessas pessoas não é atendida pelos projetos que desenvolvemos. Por isso o Univer-Cidade é importante para que a UEPB esteja presente em diversos lugares da Paraíba e ajude a desenvolver os índices de desenvolvimento mais complexos que cada cidade possa ter”, afirmou Rangel Junior.



O professor Cidoval Morais, coordenador do Univer-Cidade, reafirmou a necessidade de se estabelecer parcerias entre a UEPB e as prefeituras para que saberes sejam compartilhados, ações de desenvolvimento sustentável passem a fazer parte da política municipal e que essas mudanças se dêem a partir da formação estratégica, de intervenções construtivas e orientação para o planejamento em curto, médio e longo prazos. Como parte da apresentação do projeto, foi entregue aos participantes um termo de adesão para que os gestores manifestem interesse em participar da ideia apresentada.



“É importante o desenvolvimento de um projeto como esse, porque ele contemplará um mapeamento coletivo dos desafios e potencialidades do município, apresentará dinâmicas de planejamento, de acompanhamento de ações, além de avaliação permanente e processual. Tudo isso com a troca de experiências a partir do projeto Universidade em Ação, ampliação das possibilidades de captação de recursos externos e pensamento voltado ao desenvolvimento municipal nos próximos 15 ou 20 anos”, acrescentou Cidoval Morais.



Eixos estruturantes

Os eixos para execução da iniciativa envolvem formação estratégica, intervenções construtivas e orientação para o planejamento estratégico. Nesse sentido, em curto prazo o projeto propõe realização de mini cursos, oficinas e workshops nos municípios e nos campus da UEPB com foco nos desafios consensuais como os mais críticos e urgentes para o bom andamento da gestão em diferentes áreas.



Em médio prazo, cursos de aperfeiçoamento (extensão), especialização, preparação de candidatos para mestrado e doutorado, abertura de vagas específicas, implantação da escola de gestão pública. As intervenções construtivas incluem ações pontuais, discutidas e planejadas de forma participativa e integrada, visando o enfrentamento de problemas específicos. Dentro das competências mobilizadas, o Univer-Cidade irá atuar também no planejamento estratégico, qualidade da água, gestão ambiental, formação continuada de professores, saúde pública, economia solidária, tecnologias sociais e eficiência tecnológica.



Experiência pioneira em Juazeirinho

Poucos meses após a implantação do Univer-Cidade no município de Juazeirinho, localizado na região do Seridó Paraibano, os primeiros avanços já foram alcançados. De acordo com o vice- prefeito Jonilton Fernandes, que participou da explanação do projeto para outros gestores, já estão em desenvolvimento atividades nas áreas de Saúde e Meio Ambiente, Educação e Cultura e Desenvolvimento Social e Econômico.



“Criamos esses eixos para ficar mais fácil alcançar nossos objetivos. Colocando as propostas do Univer-Cidade em prática, passamos a não depender exclusivamente de recursos do Fundo de Participação do Município (FPM), já que estabelecemos parcerias que ajudam na captação de investimentos. Por exemplo, atraímos o Sebrae para capacitação de pequenos empreendedores e estamos em fase de desenvolvimento de projetos voltados para agricultores da região, para que eles ganhem fazendo parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae)”, disse Jonilton.



Impressionado com os primeiros resultados do município de Juazeirinho, o prefeito da cidade de Pedro Régis, localizada na região do Mamanguape , José Aurélio Ferreira, afirmou que buscará firmar a parceria apresentada para também encontrar alternativas para o desenvolvimento da localidade, que tem pouco mais de seis mil habitantes. “Fazemos parte de um município pequeno, por isso temos que buscar parcerias como essa para resolver nossos problemas”, apontou.



Projeto de informatização de dados

Após a exposição do Univer-Cidade, foi apresentada para os gestores outra proposta que a UEPB tem o desejo de compartilhar para melhorar o serviço público das cidades paraibanas. Através da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (CITIC), foi apresentada uma proposta de projeto para a construção de um sistema de informática que facilite o trabalho de armazenamento de dados das Secretarias de Educação.



O coordenador da CTIC, Carlos Alberto, explicou que esse sistema de informática já vem sendo utilizado com êxito na UEPB e que os resultados podem dinamizar ainda mais as necessidades das secretarias dos municípios. “Com essa ferramenta todos os gestores poderão gerir os dados de forma mais eficaz e planejar melhor seus resultados”, salientou.



Ainda participaram da apresentação do Univer-Cidade o vice-reitor da UEPB, Etham Barbosa; o coordenador da Editora da UEPB, Roberto Faustino; e Iolanda Barbosa, secretária de Educação de Campina Grande , que durante o evento representou a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-PB).

Projeto Univer-Cidade é apresentado pela UEPB para representantes de prefeituras paraibanas



  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.