Voltar
02-10-2017

Robô faz primeira operação odontológica



Pela primeira vez, um robô foi capaz de executar uma operação odontológica em um paciente, sem a entrada de qualquer pessoal médico. O procedimento automatizado ocorreu em Xian, no noroeste da China, onde dois dentes impressos em 3D foram implantados na boca de uma mulher.


Conforme relatou o site South China Morning Post, a operação médica foi supervisionada por profissionais treinados, mas eles não interviram. Os dentes foram colocados com uma margem de erro de 0,2-0,3 milímetros, o que é o padrão necessário para esse tipo de operação. O desenvolvimento do sistema levou quatro anos, e é um trabalho conjunto da Quarta Universidade Médica Militar e do Instituto Robot da Universidade Beihang em Pequim. O Dr. Zhao Yimin, um dos principais especialistas em reabilitação oral na China, afirmou que o robô combinou a experiência de um dentista com o benefício da tecnologia.


Antes da operação, o robô foi programado para se mover para a posição certa e decidir os movimentos necessários para executar uma operação bem sucedida. As etapas foram então revistas pela equipe e ajustadas para evitar possíveis perigos. Eles então administraram um anestésico local no paciente e deixaram o robô trabalhar.


De acordo com uma pesquisa, atualmente apenas 1 milhão dessas operações são realizadas todos os anos. A China está enfrentando uma grave escassez de dentistas qualificados e essa tecnologia poderia ajudar a resolver o problema, bem como reduzir o número de erros cirúrgicos que podem ocorrer nesse tipo de procedimento. A inteligência artificial (IA), não foi apenas capaz de implantar os dentes, mas também de responder aos movimentos naturais do paciente e ajustar sua posição.


As cirurgias feitas por robôs, ou pelo menos as cirurgias assistidas por robôs, são o próximo passo em frente na melhoria da segurança do paciente e dos resultados do procedimento. Apenas alguns meses atrás, a US Food and Drug Administration aprovou um assistente de robô para dentistas. O técnico, chamado Yomi, não é autônomo mas, monitora o paciente e os movimentos do dentista para garantir precisão e controle.
Em breve, com a evolução da tecnologia e seu barateamento que acaba ocorrendo a medida com o tempo, possivelmente veremos várias dessas maquinas quando formos ao dentista. Porém dezenas de profissionais devem ser afetados.




Robô faz primeira operação odontológica



  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.