Voltar
13-04-2016

Stephen Hawking e milionário russo investem quase 88 milhões para estudar Alpha Centauri



Stephen Hawking e o milionário Yuri Milner juntaram-se para lançaram um projecto para estudar o sistema solar mais próximo da Terra: o Alpha Centauri. O investimento é de 100 milhões de dólares (87,6 milhões de euros).
O jornal inglês de The Guardian classifica-o como um "impulso sem precedentes para as viagens interestelares". O físico e cosmologista britânico Stephen Hawking e o milionário russo, e também filantropo em Silicon Valley, Yuri Milner (ambos na foto) anunciaram esta terça-feira, 12 de Abril, um investimento de 100 milhões de dólares ? 87,6 milhões de euros ? em investigação ao sistema solar Alpha Centauri.



O projecto chama-se Breakthrough Starshot e segundo a Reuters o objectivo é entender melhor o cosmos. Para isso, vão ser enviados pequenos veículos espaciais para a sistema solar Alpha Centauri de forma a captarem fotografias e enviá-las para a Terra.

Se este projecto for bem-sucedido, escreve a mesma fonte, os cientistas podem determinar se em Alpha Centauri existe um planeta com capacidade para sustentar vida. Este projecto vai demorar vários anos a ser desenvolvido e não existem garantias que vá ser bem-sucedido.

Ainda assim, o interesse da ciência para com este sistema deve-se, segundo escreve a Business Insider, aos seus exoplanetas - planetas que orbitam uma estrela que não o Sol - que poderão ter condições para que sejam habitáveis por humanos. 

O projecto Breakthrough Starshot conta, segundo a mesma fonte, com algumas personalidades conhecidas. Ann Druyan, directora criativa do Voyager Interstellar Message da NASA, Freeman Dyson, físico teorico e matemático de Princeton, Mae Jemison, antigo astronauta, Avi Loeb, físico teórico em Harvard,  Pete Worden, antigo director do AMES Research Center da NASA e Mark Zuckerberg, fundador do Facebook são elementos do conselho de administração do Breakthrough Starshot.



O antigo astronauta Mae Jemison, que esteve presente na conferência onde Hawking e Milner apresentaram o seu projecto, afirmou, citado pela Business Insider, que em termos tecnológicos "há um caminho possível para chegar a uma estrela dentro da nossa geração".


Yuri Milner, 54 anos, físico de formação, fundou a empresa Digital Sky Technologies e é investidor em companhias de várias áreas. De acordo com o CrunchBase, Milner járealizou 73 investimentos em 64 empresas.



O The Guardian adianta que Milner foi um dos fundadores dos prémios Breakthrough em 2012 e que, no ano passado, conjuntamente com Stephen Hawking, anunciou a iniciativa, Breakthrough Listen. Avaliada em 100 milhões de dólares ? 87,6 milhões de euros ? esta iniciativa visa intensificar a investigação em vida extraterrestre além do sistema solar.



Stephen Hawking é um dos mais conhecidos cientistas da actualidade.

Stephen Hawking e milionário russo investem quase 88 milhões para estudar Alpha Centauri



  Sobre

Este site tem o objetivo de divulgar notícias da área de Tecnologia.

  Recentes
  Contatos
  

contato@elimorais.com.br.